BANNER

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Duas pessoas são presas durante operação de combate a pedofilia no Maranhão

A operação ocorre em 24 estados brasileiros, além do Distrito Federal. Ao todo foram cumpridos mais de 500 mandados de busca e apreensão, segundo o delegado Odilardo Muniz, chefe do departamento de combate a crimes tecnológicos da Seic. 

No Maranhão duas pessoas foram presas em flagrante. Um deles na capital São Luís, o estudante universitário Gustavo Carvalho Silva Campos, de 24 anos de idade, que está prestes a se formar no curso de administração. E em Imperatriz foi preso, Ozeias de Sousa Campos, de 34 anos de idade, que é casado. Com os dois a polícia encontrou uma grande quantidade de material pornográfico infantil, entre vídeos e fotos. 




A pena pode variar de um a quatro anos de reclusão, para quem adquirir, possuir ou armazenar qualquer meio fotográfico, vídeo, ou outra forma de registro que contenha cenas de sexo explícito ou pornográfico envolvendo crianças ou adolescentes.

Na primeira edição da Operação Luz da Infância, realizada em outubro do ano passado, foram cumpridos 157 mandados de busca e apreensão de computadores e arquivos digitais. Foram identificadas e presas 112 pessoas, por produzir, guardar ou compartilhar conteúdos de pedofilia na internet. 

Várias atividades estão sendo desenvolvidas por conta do dia 18 de maio, data que marca o dia nacional de combate ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário